quinta-feira, 28 de março de 2013

MAIS DE 350 FAMÍLIAS DESABRIGADAS ESTÃO NO PARQUE DE EXPOSIÇÕES


Foto divulgaçao ( Alagaçao de 2012 - RBR )

Fotos Juan Diaz
Fonte Agencia de Noticias do Acre


A última medição realizada na manhã desta quinta-feira, 28, às 9 horas, revela que o rio Acre em Rio Branco está com 15,31 metros, às 6 horas de hoje estava com 15,33. De acordo com informações do coordenador da Defesa Civil do Estado, coronel Carlos Gundin, a redução do nível de água ou mesmo a estabilidade do rio Acre dependem da confirmação do baixo índice pluviométrico previsto para os próximos dias.
“Se a previsão de pouca de chuva se concretizar, a tendência é de que o rio atinja a estabilidade e comece a dar sinais de vazante. Reforçamos o pedido à população para não retornarem às regiões alagadas de imediato”, disse o coronel.
Até agora 351 famílias já foram retiradas de casa e encaminhadas ao abrigo público, no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco. Os bairros mais atingidos em Rio Branco são: Taquari, Adalberto Aragão, Cadeia Velha, Triângulo Novo, Baixada da Habitasa, Base, 6 de Agosto, Airton Sena, Cidade Nova, Sobral e Palheiral.
Foto divulgaçao ( Alagaçao de 2012 - RBR )
 
Em Brasileia o rio Acre está com 8,85 metros de profundidade. Os bairros Leonardo Barbosa, Samaúma e Eldorado foram atingidos e a Defesa Civil retirou seis famílias. Cinco estão em abrigo público e uma em casa de parentes. Em Assis Brasil e em Xapuri o rio Acre o nível do rio Acre está baixando, foi registrada a marca de 6,63m, e 10,15, respectivamente.
 

terça-feira, 26 de março de 2013

RIO ACRE CHEGA A 15,20m E DESABRIGA CENTENAS DE PESSOAS EM RIO BRANCO


Por Adalberto Araújo
Fotos: Juan Diaz

Na manhã desta quarta-feira a cota do Rio Acre já chegava a 15,20 metros  na capital, desalojando mais de 900 pessoas que correm para tentar retirar das suas casas o que ainda podem. Uma força conjunta do governo, prefeitura e exército, auxiliam essas famílias nos bairros mais atingidos, 06 de Agosto e Taquari, por exemplo. Elas estão sendo levadas para o parque de exposições na BR 317, onde estão sendo construídos alojamentos temporários desde quando o Rio Acre deu sinais de que iria transbordar.
Segundo a "Agência de Notícias" , atualmente existem 12 equipes da Semsur que trabalharão ininterruptamente, inclusive no feriado santo. O exército, através do 4º BIS e 7º BEC, disponibilizaram 50 homens, 10 caminhões e 10 barcos para a mobilização, deixando claro que deixarão mais homens à disposição se necessário.



Exército auxiliam na retirada de famílias.

Há informações de que nas regiões mais críticas a energia elétrica já foi cortada, para evitar acidentes com moradores e também com as equipes de resgaste. Outro perigo decorrente da época de cheia é o proliferações de animais peçonhentos, no bairro 06 de agosto uma cobra sucuri de quase 2 metros foi encontrada por moradores, além do perigo de doenças em contato com água misturadas com esgotos.
Segundo o coronel Paulo César, da Polícia Militar, a PM já está presente no Parque de Exposição durante a noite e um policiamento ostensivo está sendo feito nas áreas alagadas para evitar furtos, inclusive com o BOPE à disposição. Os acessos de veículos estão limitados no parque, e a entrada de pessoas rigidamente controlada.

Menina leva pertences no bairro 06 de agosto, enquanto atravessa água que invadiu sua casa.



Menino observa trabalho do exército no bairro Taquari, um dos mais atingidos pela cheia do Rio Acre.


Um dos bairros mais atingidos pela enchente deste ano é o Taquari. Durante toda a segunda-feira, 25, dezenas de famílias aguardavam transporte para levar seus pertences até o Parque de Exposições. Dona Sebastiana Martins de Souza, moradora da Rua Baixa Verde há 23 anos, sabe exatamente o tamanho do sofrimento.

Seria pior se não fosse a solidariedade. No Taquari, até ontem (segunda), quem fazia o transporte dos móveis e utensílios das famílias desabrigadas eram os homens do Exército. Assim como muitas pessoas, dona Sebastiana torce para que o nível do Rio Acre comece a baixar ainda esta semana.

Um posto de arrecadação de donativos foi implantado no Corpo de Bombeiros, localizado na Estrada da usina, 669, Morada do Sol, a prioridade de recepção de donativos estão sendo massa para mingau, fraldas descartáveis e Leite em Pó.



Colaboração: Agência de Notícias do Acre

domingo, 24 de março de 2013

SAPOS VENENOSOS NA AMAZÔNIA ACRIANA




Ameerega trivittata é um sapo da família Dendrobatídeos
É um dos maiores exemplos de sapos venenosos. É possivelmente o segundo mais tóxico em seu gênero. O contato direto com animais silvestres pode causar cãibras graves, paralisia local e convulsões.




Ameerega Trivittata is a poison dart from the family Dendrobatidae.
It is one of the largest examples of the dart frogs. It is all so possibly the second most toxic in its genus. Direct contact with wild animals can cause severe cramps, local paralysis and seizures.


Foto: Chris Taylor
Com informações de: www.herpetofauna.com.br

quinta-feira, 21 de março de 2013

IFAC FECHA PARCERIAS DE INTERCÂMBIO COM INSTITUIÇÕES DO CANADÁ




 *Com informações do IFAC (www.ifac.edu.br)

O primeiro dia com a realização de visitas técnicas e reuniões formais da equipe do Instituto Federal do Acre (IFAC) às instituições no Canadá rendeu bons frutos para o IFAC e, consequentemente, para o povo acreano. 

A equipe - composta pelo Reitor Pro Tempore do IFAC, professor Breno Carrillo Silveira, a Assessora de Comunicação e Relações Institucionais, Adma Batista da Costa Cerqueira, a Assessora de Relações Internacionais e Projetos Especiais, Ana Paula Melo Saraiva Vieira e o Chefe da Auditoria Interna, Régis Hartmann - começou a agenda de visitas na terça-feira, dia 19 de março, com a visita ao Camosun College, instituição canadense localizada na cidade de Victória, Estado da Columbia Britânica – situado no oeste do Canadá, que tem uma estrutura moderna atendendo aproximadamente 12 mil alunos em duas unidades. A cidade de Victoria tem a economia baseada no turismo e nos empregos gerados pelo poder estatal. 



Durante toda a manhã e parte da tarde foram realizadas visitas às instalações do Camosun College, tais como: laboratórios de pesquisas em Biotecnologia, Recursos Naturais, Informática (Hardware, Desenvolvimento deSoftwares, Redes), Eletrônica, Construção Civil, Design de móveis de madeira e tornearia.
Conhecendo as instalações e conversando com gestores e professores, verificou-se que os alunos ao passo que estudam conceituais teóricos, tem uma estrutura de laboratórios que possibilita simular a realidade. Além disso, a escola tem uma forte vinculação com o setor produtivo local: os alunos realizam estágios que podem variar de 04 a 16 meses em empresas da cidade de Victoria. Segundo os diretores da instituição a taxa de empregabilidade dos egressos é elevada. 







Durante almoço com o corpo de diretores do Camosum College, a equipe do IFAC debateu a proposta da realização de intercambio de alunos e professores das duas instituições, da realização de pesquisas de forma conjunta e de missões técnicas, onde as duas instituições irão trabalhar no desenvolvimento técnico, tecnológico e científico de áreas afins para ambas e que são de interesse para o desenvolvimento regional de Victoria-BC e para o estado do Acre. 


(Da esquerda para direita, Geoff Wilmshurst – director do Camosun International, Breno Silveira – reitor do IFAC, Jamie VanDenbossche – director de Pesquisa Aplicada e Inovação e Chris Edley – director do Centro de Tecnologia)
Na reunião com os membros do College, Geoff Wilmshurst, diretor do Camosun International, Diana Shields, vice diretora do Camosun International, Chris Edley, diretor do Centro de Tecnologia e Jamie VanDenbossche, diretor de Pesquisa Aplicada e Inovação, ficou acertado que no segundo semestre de 2013, o IFAC já poderá enviar os primeiros alunos para intercambio no Camosun, onde terão acesso a infraestrutura de laboratórios, salas de aula, pesquisas e debates com professores e pesquisadores. Os diretores do Camosun também relataram que pretendem enviar, em 2014, missão ao Acre para realizarem intercâmbio discente e docente.

“Foi um passo fantástico para o IFAC e para o Acre”, afirmou o reitor do IFAC, Breno Silveira. “Nossos alunos e professores terão acesso a pesquisas e estruturas de ensino de primeiro mundo, em que poderão desenvolver pesquisas específicas, de acordo com a realidade do Acre. Iremos iniciar as atividades de intercâmbio com oCollege ainda em 2013 e acreditamos que essa parceria terá uma longa duração e resultados duradouros e importantes para nosso Estado.” completou.

Um ponto inovador na pactuação de intercâmbio é que os alunos e servidores que se deslocarem do Acre para Victoria, ou de Victoria para o Acre, não irão atuar somente como ouvintes ou alunos especiais. Os servidores das duas instituições também irão ministrar cursos e trabalhar em pesquisas nas instituições anfitriãs.

Segundo o reitor Breno Silveira, a proposta rompe com um modelo ultrapassado de intercâmbio. “Os professores e alunos do IFAC além de assistirem aulas como ouvintes ou alunos especiais no Camosun, também irão ministrar cursos e expor pesquisas que estão sendo realizadas no IFAC. Temos uma ótima oportunidade de apresentar o conhecimento científico, técnico e tecnológico produzido em nossa região”, afirmou. 

Estágio para os Alunos do IFAC no Setor Produtivo de Victoria: Portas Abertas!

Durante o período da tarde foram visitadas duas empresas onde os diálogos realizados viabilizaram parcerias de estágios para que os alunos do IFAC atuem no setor produtivo local de Victoria-BC. 
A primeira empresa visitada foi a Stantec, empresa multinacional que trabalha com consultoria em diversas áreas. Uma das áreas de destaque é a de realização de pesquisas em análise de sistemas e monitoramento ambiental (com pesquisas em análise de solos, água, petróleo, gás, entre outros) em vários lugares do mundo.
O Reitor do IFAC apresentou a instituição e relatou da importância de se inserir alunos da Amazônia em instituição que realiza pesquisas de ponta na área ambiental, e como isso coaduna com os eixos tecnológicos e com a proposta de expansão das ações do IFAC. O corpo diretor da empresa, Craig E. Norris, Diretor da Stantec, Jennie Christensen, Diretora responsável da área de serviços ambientais, se apresentou sensível às solicitações e afirmou que a empresa está aberta para receber alunos do IFAC em caráter de estágio. 

A segunda empresa, Axys Technologies, que trabalha com monitoramento ambiental, também pactou, em reunião com Alberto Callo, Gerente de Produção, que irá receber os alunos do IFAC para estágio na empresa. A empresa tem como foco principal a coleta e análise de dados ambientais em diversas partes do planeta sobre os oceanos. Para tal, diversas áreas científicas são envolvidas e, portanto, faz-se necessário a utilização de equipamento de alta tecnologia. Os alunos e professores do IFAC terão acesso ao agregado nos momentos das visitas.

“Outra inovação conquistada na viagem é que nossos alunos terão acesso a um setor produtivo com pesquisas, técnicas e ferramentas de primeira ordem. O acesso as técnicas e conhecimento irá mudar a vida e a perspectiva dos nossos professores e alunos, e, consequentemente, irá influenciar no próprio desenvolvimento institucional e do Estado do Acre.” finalizou o Reitor.


O College e as empresas


- Camosun College, fundando em 1971, está localizado na bela Victoria, capital do Estado da “British Columbia”. Possui dois câmpus e atendem cerca de 20 mil alunos por ano em certificado, diploma, bacharelado e programas de educação continuada. Cada ano o Camosun recebe mais de 1.000 alunos indígenas de 50 países, e mais de 550 estudantes internacionais vindos de 40 países diferentes.

O nome "Camosun" vem da palavra local Lkwungen (Songhees) significando nome-nação "onde as águas diferentes se encontram e se transformam." Hoje, oferece mais de 160 programas inovadores para ajudar a atender as necessidades de estudantes e comunidades em Victoria e demais localidades. Suas ofertas incluem educação universitária, transferência e programas de graduação aplicados; carreira e formação de negócios; modernização e programas de preparação e educação continuada.

- A Stantec, fundada em 1954, é uma empresa que presta serviços de consultoria profissional em planejamento, engenharia, arquitetura, design de interiores, arquitetura da paisagem, topografia, ciências ambientais, gerenciamento de projetos, economia e projetos de infra-estrutura e projetos de instalações. Essa empresa também apoia clientes dos setores público e privado em uma grande variedade de mercados, em todas as fases, desde a concepção inicial e de viabilidade financeira para projetar à conclusão e além.
Os seus serviços são prestados em projetos ao redor do mundo através de aproximadamente 12.000 funcionários em mais de 200 locais na América do Norte e 4 locais internacionalmente.

- AXYS Technologies Inc. é uma empresa canadense com mais de 35 anos de experiência em projeto, fabricação e instalação de sistemas remotos de monitoramento ambiental em todo o mundo. Aplica seu amplo conhecimento e experimentos marinhos, de água doce, as estações terrestres, monitoramento e eólica offshore de sistemas de avaliação de recursos aquáticos, parâmetros oceânicos e atmosféricos. São oferecido ainda serviços de técnicas de campo para treinar e apoiar os clientes na operação e manutenção de todos os produtos. E empresa utiliza a tecnologia de custo-eficácia relacionada com uma vasta gama de aplicações.

E APROVADA NA CÂMARA A REDUÇÃO DA PASSAGEM DE ÔNIBUS PARA ESTUDANTES (R$ 1,00)




Depois de muitas manifestações feitas pelos estudantes da capital acriana acaba de ser aprovada a lei que reduz a em 20% a passagem do transporte coletivo para os estudantes. Pelo menos 50 mil alunos do ensino fundamental, médio e superior serão diretamente beneficiados com a medida. Hoje, o estudante paga 50% do valor normal, desembolsando R$1,20 por passagem.
O projeto foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares da Câmara Municipal de Rio Branco na sessão dessa quinta-feira (21). A vereadora Eliane Sinhasique (PMDB) fez questão de ressaltar que é contra o parcelamento dos débitos das empresas responsáveis pelo transporte em Rio Branco.
A redução a R$ 1,00 é possibilitada por um profundo estudo feito desde o ano passado. A lei utiliza dívidas de cerca de R$6 milhões que as empresas concessionárias do transporte coletivo mantém há quatro anos com a Prefeitura.
Esse valor refere-se ao não pagamento do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) incidente sobre a operação das concessionárias. “Os créditos subvencionam a passagem a R$ 1,00 pelos próximos quatro anos”, informou Ricardo Torres, superintendente da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Rio Branco (RBTRANS).

Fonte: Ana Paula Xavier ( portaloacre@gmail.com )

domingo, 17 de março de 2013

ACIDENTE NA BR 364 DEIXA MOTOCICLISTA FERIDO.





Por volta das 10h45min da manhã de domingo (17/03), na BR 364, às proximidades da UFAC, colisão deixa motociclista gravemente ferido.

O condutor do veículo, um Pálio de placa NDG-2342, encostou em lugar proibido, sem sinalizar, fazendo com que o motociclista José Raimundo colidisse na traseira do carro.
O impacto da batida foi tão forte que fez José Raimundo ser lançado à frente do carro.
Segundo testemunhas, após o acidente o condutor do carro, que não quis se identificar, tentou ligar a seta do veículo para amenizar sua culpa, mas foi impedido por populares.
A Polícia Rodoviária Federal foi acionada juntamente com a perícia e o Samu, para as providências cabíveis.
A vitima foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco.

Por Marinara Lusvardi
Fotos: Juan Diaz


video















































Condutor do veículo







terça-feira, 12 de março de 2013

SÉTIMA EDIÇAO DO GRITO ROCK ACONTECE EM RIO BRANCO NO FINAL DESSE MÊS






Foto (Divulgação) Juan Diaz

Com shows gratuitos das bandas Mogno, Os Descordantes, Camundogs e Beradelia, a sétima edição do Grito Rock Rio Branco começará no próximo dia 29, a partir das 20 horas, no palco do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal do Acre (Ufac). Mártires, Zoo Humanos, Kali e os Kalhordas e Filomedusa se apresentarão no dia 30, às 22 horas, no Casarão. Os ingressos estarão à venda por R$ 10.
“Boa parte das casas noturnas da cidade passavam por readequações de segurança e isso diminuiu nosso tempo de produção. Acabamos precisando mudar a estratégia de seleção das bandas, que nos últimos anos havia sido pela plataforma Toque no Brasil (TNB). Então, decidimos convidar aquelas que estão na ativa e ainda mais duas bandas de Porto Velho, que casa com a nossa proposta de integração entre o Norte”, disse Kaline Rossi, colaboradora.
O evento
Talvez ainda soe como novidade para alguns, mas o Grito Rock acaba de completar 10 anos e já envolve cerca de 300 cidades de 30 países, incluindo a América Latina, a Europa, a Oceania e a África. Idealizado pelo Espaço Cubo de Cuiabá, o projeto rapidamente se expandiu pelo mundo, a partir de 2005, com a criação do Fora do Eixo.
Em Rio Branco, a realização é do Coletivo Catraia, com o apoio da Fundação Elias Mansour (FEM), do portal TNB e do Coletivo Circuito Florestal da Ufac. O patrocínio é das empresas Yes Aluguel de Carros e da Funerária São João Batista. Mais informações na página www.coletivocatraia.blospot.com.br.


                                                                                                                                                                              Fonte - Assessoria FEM


segunda-feira, 11 de março de 2013

NÍVEL DO RIO ACRE VOLTA A SUBIR, E PREOCUPA A DEFESA CIVIL

    Foto Juan Diaz

O nível do Rio Acre não para de subir. A última medição da Defesa Civil, das 6horas desta segunda-feira, 11, registrou 13,38 metros – apenas doze centímetros da cota de alerta. O rio já chegou a cota de alerta há exatamente um mês neste período de inverno. Ele também já transbordou neste ano e as águas já tinham baixado consideravelmente.
A cota de alerta é de 13,50m e a cota de transbordamento é de 14 metros. Em janeiro do ano passado, o rio Acre ficou 46 dias acima da cota de alerta.
Janeiro, fevereiro, março e abril são os meses que ocorrem as enchentes no Acre. Acima da cota de alerta, 10% das vezes ocorreram em janeiro, 43% dos dias em fevereiro, 29% em março e 18% em abril.
A Defesa Civil continua o monitoramento das águas. Regiões do Airton Sena, Taquari, Base, Seis de Agosto, Baixada da Habitasa e Cadeia Velha são os bairros primeiros bairros a serem atingidos.

terça-feira, 5 de março de 2013

PREFEITOS DISCUTEM PROJETOS E PARCERIAS NA SEDE DA AMAC



        
 Por Adalberto Araújo
       Fotos: Juan Diaz

   Com a presença dos 21 prefeitos dos municípios acreanos e mais o prefeito da capital, Marcus Alexandre, a primeira Assembléia Geral dos Municípios realizada pela AMAC, associação que tem como objetivo prestar apoio instituional e técnico às prefeituras. Teve como objetivo tratar das políticas públicas que estão sendo desenvolvidas na esfera estadual e municipal. Uma das pautas é Política de Formação Superior apresentada pelo Governador Tião Viana, também presente na assembléia, juntamente com o Secretário de Educação Daniel Zen. Foi tratada também questões no âmbito ambiental e de como serão conduzidas diretrizes para que até 2014, as prefeituras apresentem soluções para os aterros sanitários. Dentro de um ambiente, que segundo definiu Tião Viana, "Não favorável" ao municipalismo brasileiro, o Governador diz querer prestar todo o apoio institucional no que tange as áreas econômica, socio-produtivas, ambientais e habitação.




       
 O inicio da assembléia teve inicio na parte da manhã, no Tribunal de Contas do Estado, que contou com a presença, além do presidente do TCE/AC Valmir Ribeiro e mais 4 conselheiros, do Vice-Governador Cesar Messias, do presidente da Assembléia Legislativa do Acre, Elson Santiago, o presidente do Sebrae/AC, o presidente da ACISA, o empresário George Pinheiro, e diversas outras autoridades. Neste encontro, as autoridades colocaram em pauta a real aplicabilidade da Lei das Micro e Pequenas Empresas Lei Complementar  123/2006, que dá tratamento diferenciado às empresas de pequeno porte em questões de licitações, por exemplo. Entre outros benefícios.